Moradores do bairro Tupi já podem agendar castração de seus animais

Para levar cães e gatos para as cirurgias gratuitas basta ser morador do bairro e cadastrado na Usafa que atende a região

Cães e gatos de moradores do Tupi já podem ser castrados de forma gratuita por meio da Unidade Móvel de Atendimento à Saúde Animal (Umasa). Isso porque o programa de Praia Grande abriu agendamento para os animais de pessoas cadastradas na Unidade de Saúde da Família (Usafa) do bairro.

Para que a cirurgia seja feita é preciso que os interessados compareçam à unidade de saúde munidos de RG e cartão da Usafa para marcar o dia e o horário desejado. Caso a pessoa more no entorno e ainda não seja cadastrado será preciso levar comprovante de residência e outros documentos exigidos para dar andamento ao processo cirúrgico do pet. Todos os procedimentos são realizados de segunda a sexta-feira, das 14h às 16h.

É necessário seguir algumas recomendações como o pet ter entre 6 meses e 5 anos e não estar obeso. Antes das castrações, todos os animais passam por uma triagem veterinária para avaliar se estão aptos ao processo.

Os moradores que fizerem os agendamentos devem avisar com antecedência caso não possam comparecer no dia, pois a taxa de faltas é de 50% e o não comparecimento prejudica outros agendamentos.

Segundo a Administração Municipal, estima-se que aproximadamente 1,5 mil castrações foram desperdiçadas desde o começo das ações devido ao não comparecimento e não existem motivos específicos. Alguns casos acontecem porque os gatos fogem no meio da noite, mas a maior parte é por falta de comprometimento.

Conforme a Prefeitura, o ideal seria que houvesse o aviso com até 48h de antecedência, para que a equipe consiga entrar em contato com outro dono que esteja no agendamento e tente encaixar o animal sem que o atendimento seja interrompido. Esse aviso também deve ser feito pois o cão ou gato deve ficar em jejum por 12h, o que faz muitas vezes não dar tempo de avisar.

Antes de atender o bairro Tupi a Umasa prestava serviços aos cadastrados no Tupiry, que poderão continuar levando os animais ao contêiner, que está no Espaço Alvorada, na rua Savério Fittipaldi, s/nº, conhecido como Quadradão, local que abriga a pista de skate e o Pavilhão de Eventos Jair Rodrigues.

PROJETO - A iniciativa faz parte do Projeto Bicharada, desenvolvida pela Divisão de Saúde Ambiental e Proteção à Vida Animal da Secretaria de Saúde Pública (Sesap) e em quatro anos de existência já realizou quase 10 mil cirurgias, sendo que somente neste ao já foram mais de mil.

07/10/2019

Foto: Divulgação/PMPG

 

Ecovias

ecovias