Congresso Icloc Práticas na Sala de Aula está com inscrições abertas

Com a intenção de promover união, aprendizado e troca de experiências, Praia Grande abriu inscrições para o segundo Congresso do Instituto Cultural Lourenço Castanho (Icloc) de Práticas na Sala de Aula – Região Metropolitana da Baixada Santista.LATERAL Inscrições Icloc

As vagas podem ser preenchidas até 16 de agosto e pode participar qualquer pessoa que atue na área educacional da região e também dos demais municípios do Estado, seja em unidades de ensino municipais, estaduais ou particulares, envolvendo todas as modalidades: ensino infantil, fundamental, médio e técnico.

Para preencher a inscrição é preciso acessar o site Cidadão PG - www.cidadaopg.sp.gov.br - e preencher o formulário. O evento acontece dia 21 de setembro, data que caíra em um sábado para não atrapalhar o horário de trabalho dos docentes e garantir que o número de pessoas seja grande.

A atividade é organizada pela Secretaria de Educação do Município (Seduc) e visa socializar as ações desenvolvidas por docentes, coordenadores e gestores com intuito de contribuir com a melhora do setor. Ao se inscrever os participantes precisam descrever brevemente os objetivos da prática pedagógica e detalhar como foi o desenvolvimento da atividade e os resultados observados.

Após a inscrição preenchida, os participantes têm até 20 de agosto para enviarem à Coordenação do Congresso os arquivos dos trabalhos que serão apresentados. O material encaminhado pode estar salvo em Power Point, fotos, vídeos ou qualquer outro tipo de mídia. Nas oficinas os apresentadores também contarão com o auxílio das lousas digitais.

Conforme a diretora de Divisão de Formação e Aperfeiçoamento de Educadores, Marilena Ferreira, os trabalhos poderão ser feitos de forma individual ou em grupo. “A atividade promove a divulgação dos projetos educacionais desenvolvidos e envolve equipes escolares no aperfeiçoamento das práticas pedagógicas, o que valoriza as ações dos docentes”, comenta.

Cada pessoa terá direito a enviar cinco arquivos de até 50 MB cada e serão agrupados de acordo com os temas envolvidos. “Podemos ter uma sala apenas sobre matemática ou juntar duas especialidades como biologia com artes. Assim que enviam os trabalhos separamos por afinidade, tendo cerca de quatro apresentações por sala, com um roda de conversa depois”, explica Marilena.  

A diretora reforçou a importância dos trabalhos serem enviados. “Muitos ficam tímidos ou pensam que o que fazem não é novidade, só que muitas vezes pode servir de inspiração para outra pessoa e contribuirá com a experiência do próximo.”

Após a participação também ganham certificados. Marilena acredita que é preciso tratar a educação de forma regional. “É importante alinharmos o que estamos fazendo dentro das escolas pois acabamos ficando dentro do nosso universo mas o aluno pode mudar não só de cidade como de escola então conversar e aplicar estratégias simples motivam e fazem a diferença”, conclui.

Diferente do ano passado, o evento acontece em duas escolas municipais e não apenas em uma. A E.M. Carlos Roberto Dias e E.M. São Francisco de Assis sediarão as palestras. Na primeira edição 240 trabalhos foram apresentados e a expectativa é que nessa edição haja 340.

Mais informações podem ser obtidas no telefone 3496-2350.

08/08/2019

Texto: Larissa França

Foto: Divulgação PMPG/Felipe França

 

Ecovias

ecovias