Prefeitura quer tornar legislação sobre descarte de resíduos mais rigorosa

Medida foi anunciada pelo prefeito Alberto Mourão durante a entrega da 17ª unidade do Ecoponto, no bairro Quietude

Para evitar que lixos orgânicos ocupem calçadas e vias de Praia Grande, a Prefeitura pretende deixar a legislação sobre descarte irregular mais rigorosa. O anúncio foi feito pelo prefeito Alberto Mourão na entrega da 17ª unidade do Ecoponto, no bairro Quietude, na sexta-feira, dia 20.

Praia Grande possui um Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PGIRSF), sancionado por meio da Lei nº 1.636/12, e a ideia agora é estabelecer regras aos grandes condomínios e comércios do Município. “Grandes estabelecimentos comerciais e supermercados terão que destinar os materiais sozinhos para não onerar a sociedade. Isso mudará a maneira de armazenar os produtos, evitando a proliferação de doenças”, explicou.

Mourão informou também que uma das medidas será obrigar o local a construir um contentor soterrado, que são lixeiras abaixo do solo, conforme o volume de lixo gerado, que serão retiradas apenas com a chegada do caminhão. “Estamos fazendo nossa parte, assim não haverá ninguém para rasgar o saco ou cachorro para picar o lixo. Não terminei de

O prefeito estima que a instalação de algumas das ferra-mentas serão feitas até o co-meço do ano que vem. “Os lugares onde colocaremos por conta própria serão avenidas Costa e Silva, Marechal Mallet e no bairro Ocian, mas queremos ampliar esse tipo de equipamento com uma lei que normatize isso”, concluiu.

INAUGURAÇÃO – O Ecoponto no Quietude segue os mesmos padrões dos demais. Recebe materiais de segunda a sábado, das 8h às 17h, com caçambas para o depósito de plástico, vidro, madeira, podas de árvores e até 2 m³ de entulho, além de pilhas e óleo de cozinha.

A cerimônia de entrega teve a presença de autoridades municipais e da comunidade. A costureira Edna Soares Pinheiro mora há 25 anos no bairro e acredita que ajudará a mantê-lo limpo. “Antes o terreno era como um lixão. Chamávamos a Prefeitura mas no dia seguinte estava com lixo, o que afetava minha casa, pois tinha que manter a porta fechada para os ratos não entrarem.” O Ecoponto fica na rua das Acácias, s/nº, esquina com a rua Eros Emílio Turolla.

OUTRAS UNIDADES – Neste ano, além do Quietude, outras foram inauguradas no Melvi, Vila Sônia, Anhanguera e Esmeralda. Segundo o secretário de Serviços Urbanos (Sesurb), Katsu Yonamine, a expectativa é de que mais três bairros recebam unidades: Tupi, São Jorge e Guilhermina. “A conclusão da unidade do São Jorge será em 60 dias, pois estamos fechando o muro. Como ficará entre São Jorge e Maxland, atenderá uma parte desse bairro também.”

 

 

Ecovias

ecovias