Geral
Jornalista Michel Penna vende mais de mil exemplares de seu primeiro livro

Nesta obra inédita, Penna conta a trajetória de luta e superação de sua irmã, que batalhou contra uma rara doença neurológica e sem curaLATERAL Michel Penna

O jornalista de Praia Grande, Michel Penna, vendeu mais de mil exemplares de seu livro Uma Estrela Entre Nós – A Luta Contra Uma Doença Sem Cura Por 13 Anos. Após participar da 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, uma das mais importantes feiras literárias, o autor contou orgulhoso que sua vida mudou.

Nesta obra inédita, Penna conta a trajetória de luta e superação de sua irmã, que batalhou contra uma rara doença neurológica e sem cura, a Miastenia Gravis, por 13 anos. “Desde os 16 anos, a pequena menina aprende da forma mais difícil como o destino, às vezes, pode ser cruel, ao forçá-la a conviver com algo que não desejava que a limitava física e psicologicamente em alguns momentos, e que poderia até levá-la à morte”, afirma.

O livro retrata ainda as dificuldades da jovem, ensinando lições como valorizar pequenas coisas, conseguindo ser feliz apesar da luta contra a doença.

Para ele, viver tudo isso é mais do que especial, pois é a concretização de uma promessa. “Como irmão, acompanhei de perto todo o sofrimento que essa doença causou para ela e para toda a família, inclusive, por falta de conhecimento do problema. Por isso, prometi que um dia contaria essa história em um livro para que, através dela, as pessoas possam mudar a forma como vêem a vida e a dar valor para todos que estão à sua volta, sem nenhuma forma de preconceito”, diz.

O autor conta ainda que pensou em tudo para que saísse exatamente do jeito que gostaria. “Fiz esse livro para eternizar uma história, não pelo dinheiro. Mas por tudo que meus pais passaram e pelo legado que minha irmã deixou. Ser escritor não era meu objetivo de vida, só queria mostrar a história dela, a luta que minha irmã teve. Quero que esse livro vá cada vez mais longe, quero que ele continue tocando o coração das pessoas e que elas se emocionem”, comenta.

Relembrando da sua primeira sessão de autógrafos na Bienal, Michel diz emocionado o quanto isso foi importante para o seu crescimento. “Fui para lá em agosto de 2018, foi tão incrível. Estava lá como autor, é uma experiência única e não cai a ficha que participei. Nunca imaginei um dia. As pessoas vinham até mim para saber a história, compravam o livro, eram realmente apaixonadas por esse universo. Isso é único. Espalhei a história da minha irmã, de uma maneira que eu não imaginava. Isso é gratificante, porque sei que onde ela estiver, está olhando para mim orgulhosa”.

De todos os livros vendidos, 300 estavam em sua casa. O lançamento ocorreu na Saraiva em São Paulo pela editora Pandorga.

19/08/2019
Texto: Danielle Martins

Foto: Arquivo Pessoal

 
More Articles...
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Ecovias

ecovias