Eduardo Xavier quer pulseiras para ajudar crianças perdidas

Vereador externou preocupação com a proximidade da temporada de verão

Durante o feriado prolongado de Sete de Setembro, Praia Grande recebeu um grande volume de turistas, o que configurou o início da pré-temporada. De acordo com informações da concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), Ecovias, mais de 404 mil veículos desceram a Serra em direção ao Litoral. Por conta do grande movimento, muitos casos de crianças perdidas foram registrados em Praia Grande. Pensando nesta situação, o vereador Eduardo Xavier (PMDB) reivindicou a distribuição de pulseiras de identificação às famílias que passam as férias no Município.

“Em muitos municípios do Brasil, as Prefeituras distribuem pulseiras de identificação, com dados da criança e ainda com uma demarcação de cores ou número do posto, que facilitam a identificação de pontos de encontro entre pais e crianças”.

Para Xavier, a medida é simples e muito eficaz. “Trata-se de uma iniciativa que contribui com o trabalho dos guarda-vidas, que acabam perdendo seu foco da água, afinal os salvamentos são a principal função deles. Além disso, ajuda a no reencontro dessas crianças de forma mais rápida”.

O vereador lembra casos em que crianças chegaram a ficar perdidas por quase dez horas. “É uma angustia muito grande, que poderia ser evitada, caso as crianças estivessem identificadas. Hoje qualquer pessoa está com telefone na praia, o que facilita e agiliza o reencontro, diminuindo a angústia de ambas as partes”.

O parlamentar ainda sugeriu a realização de uma parceria com a iniciativa privada para realizar a empreitada. “Assim as empresas poderão explorar a ideia comercialmente e a Prefeitura ainda não teria custos para confeccionar as pulseiras”.

 

Christiane Disconsi

 

Ecovias

ecovias